BEM-VINDO AO PORTAL DA PREFEITURA DE ESPIGÃO DO OESTE

Conheça Espigão do Oeste! Governo Municipal, trabalhando para todos.
  • Município   »   Infra-estrutura Social
  • « voltar
Infra-estrutura Social

Infraestrutura Social
INSTITUIÇÕES MÉDICAS E ASSISTENCIAIS
 
O Município conta com um modelo de assistência plena de atenção básica e está assim constituída:
 
Rede Física de Saúde Pública
Os quadros abaixo trazem as informações referentes à gestão dos estabelecimentos de saúde no município de Espigão do Oeste. As informações permitem a análise da situação do município referente aos tipos de gestão municipal, estadual, bem como ao gerenciamento dos estabelecimentos de saúde público ou privado.
 

 UNIDADE REDE PÚBLICA REDE PRIVADA LEITOS
PÚBLICA PRIVADO
HOSPITAL 01 02 36 23
CS – URBANO 04 - - -
CSD – RURAL 03 - - -
POSTOS DE SAÚDE 02 - - -
LABORATÓRIO 02 03 - -
UNID. VIG. EM SAÚDE 01
 

Fonte: SEIS 
 
 

NÍVEL DE
COMPLEXIDADE
UNIDADES VINCULAÇÃO INSTITUCIONAL
Atenção Básica - Centro de Saúde Arlindo Cristo
- Centro de Saúde Ângelo Moacir Perini
- Centro de Saúde da Mulher
- Centro de Saúde Materno Infantil
- Centro de Saúde Nova Esperança
- Centro de Saúde  Boa Vista/Pacarana
- Centro de Saúde Novo Paraíso
- Posto de Saúde Assentamento/Seringal
- Posto de Saúde 14 de Abril
Secretaria Municipal de Saúde
Média Complexidade - Unidade Mista de Saúde Secretaria Municipal de Saúde
Outros Serviços - Vigilância em Saúde Secretaria  Municipal de Saúde
 

Fonte: SEIS
 
Produção dos Serviços de Atenção Específica
 Avaliação da Atenção Básica
 
A Atenção Básica, no município de Espigão do Oeste (RO), está hoje oferecendo em suas Equipes de Profissionais de Saúde completas, incluindo equipes de Saúde Bucal em Unidade Básica de Saúde, localizada no Centro da cidade. As Equipes de Saúde da Família (ESF) estão implantadas no município com abrangência para os distritos do Nuar Nova Esperança, 14 de Abril, Novo Paraíso (Canelinha) e Seringal.
Após 10 anos do início de suas atividades, essas ESF, contam com  4.771 famílias cadastradas, sendo aproximadamente 50% das áreas de cobertura da estratégia da saúde da família:
Diante da necessidade de ampliar a cobertura no atendimento populacional, encontra-se em fase de implementação mais 03 (três) ESF, já aprovado pela CIT - Comissão Intergestora Tripartite. 
O SIAB - Sistema de Informação de Atenção Básica está implantado no Centro de Saúde Arlindo Cristo, que é a referência para a Unidade de Saúde da Família, local de consolidação dos registros dos dados trabalhados pelas próprias equipes e as ESF.
A diretriz da Secretaria é no sentido de garantir o acolhimento de toda a demanda que procura as unidades de saúde concedendo às equipes a autonomia para organizar o processo de trabalho da forma que considerar mais adequada à realidade do local.
A referência ambulatorial especializada do município é oferecida no Hospital Municipal (Unidade Mista de Saúde).
As consultas com os especialistas são agendadas através de impresso próprios, com encaminhamento à unidade de referência, cujo retorno já vem assegurado a data e hora da consulta. Os procedimentos para as consultas de especialidades são agendadas nos municípios de referência, via e-mail e ou telefone, com comunicação posterior aos pacientes pela unidade de origem.
O acesso dos pacientes a alguns exames de alto custo é garantido pela Prefeitura mediante compra de serviços através de procedimento licitatório junto ao setor privado com parecer do Conselho de Saúde, uma vez que o SUS não oferece esses serviços na região.
A oferta de internação hospitalar é garantida através da unidade Mista de Saúde (que passa por uma reforma e readequação). Não há problema de quantidade, mas sim na qualidade da assistência hospitalar, com falta de profissionais técnicos/especializados, apesar dos esforços realizados no sentido de sanar esses problemas.
Não existe sistema organizado de referência e contrarreferência estabelecida entre a rede básica e os hospitais de referência.
Com relação ao sistema laboratorial, a Secretaria Municipal de Saúde continua oferecendo os serviços das coletas e análises dos exames, de acordo com as necessidades das unidades de saúde.
As unidades de saúde fazem o acompanhamento pré-natal, tratamento da DST, vacinação, acompanhamento do crescimento de menores de um ano, tratamento das patologias mais comum da criança, controle de diabetes, hipertensão, saúde bucal e atenção ao idoso.
A Rede Básica, mesmo desenvolvendo um bom trabalhado, necessita de uma coordenação técnica para melhor organizar e planejar, objetivando suprir as necessidades de implementação e melhorias nas ações e serviços de produção no controle da Hipertensão Arterial e Diabetes, Assistência Pré-Natal, Preventivos do Câncer de Colo de Útero e Saúde da Criança.
 O tratamento de paciente com tuberculose é realizado por profissional de nível superior com treinamento específico. Quanto as ESF, e demais unidades, fazem a suspeita diagnosticada, com o encaminhamento para a referência e atendem as intercorrências dos pacientes de sua área de abrangência.
O atendimento de portadores de AIDS é realizado por profissional infectologista no serviço de referência em Porto Velho / RO.
As ações de controle da hipertensão arterial e diabetes Melitus, são realizadas nas unidades de saúde.
A Secretaria Municipal de Saúde, neste segundo trimestre de 2010, visando oferecer um atendimento com qualidade e eficiência, vem investindo e incentivando a realização de ações, objetivando o atendimento do Programa de Saúde da Mulher, priorizando os atendimentos das necessidades dos usuários com queixas ginecológicas em atividades do programa de prevenção do Câncer de Mama e Colo de Útero. Na eventualidade de exames com alterações citológicas, estes pacientes são encaminhados ao serviço de referência com posterior investigação mais detalhadas, tratamento e seguimento até a alta.
As ações de prevenção de câncer de mama incluem atividades educativas para o autoexame de mama e a realização da palpação pelo profissional médico ou enfermeiro(a). Em relação à retaguarda de mamografia, em 2009, foram realizados, além dos exames de rotina da rede, vários exames para usuários do SUS, através da unidade de referência.
O exame de ultrassonografia se indicado, é realizado no Centro de Saúde da Mulher, por um profissional médico habilitado.
Apesar dos esforços, a Secretaria Municipal de Saúde vem enfrentando muitos problemas na Assistência Hospitalar, a gestante e o acompanhamento do parto, tanto no acompanhamento quanto na resolutividade e qualidade no atendimento em razão de não haver espaço físico só parturiente (maternidade).
É notório também o alto índice de parto Cesária, contrariando as normas da Organização Mundial de Saúde - OMS
A Secretaria Municipal de Saúde, através da Rede Básica de Espigão do Oeste (RO), tem por meta, conforme estabelecido no Pacto pela Vida, cadastrar e atender as gestantes do município com garantia no acesso, e a qualidade nos serviço ofertado. 
O trabalho de prevenção das DST/AIDS, na Atenção Básica no município no segundo trimestre de 2010, foi muito discreto e existe a necessidade de uma educação permanente em saúde coletiva a fim de planejar e executar ações prioritárias de políticas de saúde do município.
O município de Cacoal - RO, é referência para Espigão do Oeste, porém nos casos de suspeita, os pacientes são encaminhados para exame especializados em Porto Velho / RO.
A Vigilância Epidemiológica Municipal é responsável pela coordenação, planejamento, avaliação, supervisão, oferece cooperação e fiscalização às Unidades Básicas de Saúde na execução de suas atividades, é responsável ainda pelo monitoramento dos seguintes sistemas:
 

SISTEMA DE INFORMAÇÃO EM FUNCIONAMENTO
SIM  PNI
SINASC SISVAN
SINAN HIPERDIA
SIH/SUS SISPRENATAL