BEM-VINDO AO PORTAL DA PREFEITURA DE ESPIGÃO DO OESTE

Conheça Espigão do Oeste! Governo Municipal, trabalhando para todos.
  • Município   »   Hino do Município
  • « voltar
Hino do Município

Hino do Município
 
O Hino é composto de três estrofes de quatro versos cada, sendo que a primeira linha rima com a terceira e a segunda rima com a quarta linha.
A música é de autoria de José Brandão da Silva, residente neste município desde 1977. O poema é de autoria do professor Wartencil Torquete, que residiu aqui durante oito anos, prestando um grande trabalho à educação deste município e que retomou a sua cidade natal no ano de 1985.
O coral que interpretou o Hino de Espigão do Oeste foi composto das seguintes pessoas, além do autor da música, Sr. José Brandão, participaram Regina Maria Valdetário dos Santos, Maria de Lourdes Bonfim, Liege Terezinha Barden e Nicéia Santos Emerich, ambas professoras. Participaram também os senhores Jorge Falca, Hermenegildo R. da Cruz Neto e a aluna Mara Lafaiete da Silva.
No poema, o autor fala do esplendor desta terra, das verdes matas, da glória de um povo altivo, forte e da beleza do solo exuberante e fértil. Compara Espigão do Oeste com uma estrela cintilante na imensidão do céu e exalta o patriotismo, a união do povo, sempre pronto a responder ao chamado e defender as cores desta querida Nação.
Executar-se-á o Hino municipal nos dias de festa e de luto nacional estadual e municipal, em todas as repartições públicas municipais, nos estabelecimentos particulares de ensino reconhecidos e inspecionados, nas entidades jurídicas, bem como em quaisquer outras instituições particulares de assistência, letras, ciências e desportos.
Os símbolos Municipais não poderão, sob pretexto algum, serem cedidos ou permitidos seu uso por particulares em emblema de comércio ou marca de fábrica de produtos locais com dizeres que o deturpem ou que prejudiquem seu total aparecimento.
 
 
 
 
 
 
 

HINO DE ESPIGÃO DO OESTE
 
(CELEIRO PROMISSOR)
 
                                    Letra: Wartencil Torquette
                            Música: José Brandão da Silva
 
I
No esplendor deste chão que perdura
As verdes matas de glória e esperança
És um lindo rincão de ventura
De solo fértil e tórrida pujança.
 
 
Estribilho
 
Espigão, Espigão, terra de futuro promissor
Espigão, Espigão, és a obra-prima do Senhor
Espigão, Espigão, és o nosso orgulho és um forte
Espigão, Espigão do Oeste, esplendor de todo o norte.
 
II
Tu és parte integrante do celeiro
Que abastece os lares do Brasil
És mais uma estrela no cruzeiro
Que cintila neste céu azul de anil.  
 
III
O cacau, a seringa e o café
Enriquecem e fortalecem a produção
Espigão tu hás de gritar de pé:
Presente na chamada da Nação