BEM-VINDO AO PORTAL DA PREFEITURA DE ESPIGÃO DO OESTE

Conheça Espigão do Oeste! Governo Municipal, trabalhando para todos.
  • Município   »   Aspectos geográficos
  • « voltar
Aspectos geográficos

Aspectos geográficos
Limites, Área e Localização do Município no Estado de Rondônia.
 
O Município de Espigão do Oeste localiza-se a leste do Estado de Rondônia e limita-se:
 

  • Ao Norte: com o Estado do Mato Grosso;
  • Ao Sul: com o Município de Pimenta Bueno;
  • Ao Leste: com o Município de Vilhena;
  • A Oeste: com o Município de Cacoal.

 
Área: O Município possui uma área de 4.518 km²
 

  • Zona Rural 4.495,06 km²
  • Zona Urbana 22,94 km2

 
Clima
Equatorial, com pequena estação seca.
A temperatura varia entre:
 

  1. Mínima absoluta: 17°C;
  2. Máxima absoluta: 42°C;
  3. Média das mínimas: Entre 23°C e 24°C
  4. Média das máximas: Entre 30°C e 33°C
  5. Temperatura média anual: Entre 26°C e 28°C

O clima é menos quente devido à influência do relevo que apresenta ondulações e morros. Do clima fazem parte: os ventos, as chuvas, a temperatura, isto é, frio ou calor. As chuvas aparecem mais nos meses de setembro, outubro, novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março e abril. Nos meses de maio, junho, julho e agosto, chove muito pouco. Isto ocorre porque as chuvas são controladas pelos ventos e pela temperatura. Nos meses de maio, junho, julho e agosto, os ventos passam a vir do sul, mudando de direção. Ventos secos e, às vezes, frio, tornando assim mais difícil de chover.
Os ventos do sul podem trazer frio de lugares distantes, provocando a friagem (frio que chega repentino e que, em poucos dias, desaparece). A friagem é um fenômeno do clima nesta região.
 
Relevo
A área urbana do Município de Espigão do Oeste é composta de terras baixas e altas, isto é, ligeiramente onduladas, enquanto que a área rural apresenta ondulações mais acentuadas como morros e serras, sendo a Serra Azul o ponto mais alto, com 543 m, localizada a 70 km da sede do município.
 
Vegetação
Em Espigão do Oeste, no inicio da colonização, predominava a Floresta Equatorial (ou Amazônica) e uma pequena parte de cerrado. Com o incentivo do Governo Federal para que as terras fossem colonizadas, os emigrantes desmataram e transformaram as florestas em pastagem, restando pequenas reservas de Floresta, sendo esta composta de grande quantidade de árvores dos mais variados tamanhos, entrelaçados de cipós e plantas menores. Existem três tipos de florestas:
 
1 - Mata de Igapó:As plantas nascem e vivem dentro da água;
2 - Mata da Várzea:Alagada durante as enchentes;
3 - Mata de Terra Firme:Esta nunca fica alagada e apresenta as maiores árvores.
 
Uma pequena parte do município é formada por cerrados, que são árvores baixas, com galhos retorcidos, folhas grandes, troncos tortos recobertos de cascas grossas. Crescem vegetações baixas e outras rasteiras como gramíneas e capins. Essas pequenas árvores, por nascerem em região mais ou menos seca, apresentam raízes que chegam a atingir 20m, à procura de água.
 
O solo
O solo de Espigão do Oeste é constituído, a maior parte, por texturas leves. É arenoso e argiloso.
 
Hidrografia
O Município de Espigão do Oeste possui vários rios, sendo os mais importantes: Roosevelt, 14 de Abril, Ribeirão Grande, Riozinho, Palmeiras e Kernit. Apresenta também muitos Igarapés, sendo o mais importante o Igarapé Félix Fleury.
Os rios 14 de Abril e Ribeirão Grande nascem no município e deságuam no Estado do Mato Grosso.
O rio Riozinho nasce no município e deságua no município de Cacoal, sendo que antes de desaguar, ele recebe as águas do rio Palmeiras que também nasce no município de Espigão do Oeste e abastece a cidade. Rio Roosevelt, que tem sua nascente em outro município, banha uma grande parte do município de Espigão do Oeste e deságua no Estado do Mato Grosso. O Rio Kernit é afluente do Rio Roosevelt, tendo sua nascente também neste município.
O Igarapé Félix Fleury é o mais importante.
 
Fauna
A fauna é composta de:
Animais mamíferos, aves, répteis, peixes e insetos.
Os animais desempenham importante papel no desenvolvimento e conservação da natureza:
 

  • Destruição de pragas;
  • Polinização das plantas;
  • Difusão de sementes;
  • Aceleração da decomposição de materiais vegetais e animais.

Dentre os mamíferos destacam-se: onças, macacos, cutias, pacas, antas, veados, tamanduás, porcos-do-mato, tatus, preás e outros.
As aves: gaviões, araras, periquitos, papagaios, urubus, beija-flores, jacus, mutuns, saíras, tiés, rolas e outros.
Os répteis: cobras, jacarés, tartarugas, rãs, sapos, lagartos, calangos e outros.
Os peixes: lambari, pacu, piranha, dourado, pirarara, pintado, cascudo, bagre, traíra e outros.
Os insetos: formigas, cupins, gafanhotos, aranhas, borboletas, abelhas, besouros e outros.
 
Flora
Dentre as árvores que compõem a flora do município de Espigão do Oeste, destacamos a castanheira, o mogno a cerejeira, a seringueira, o cacau, o jenipapo, o jatobá, o buriti, jequitibá, cedro, angelim, pequi, copaúba e outras.