BEM-VINDO AO PORTAL DA PREFEITURA DE ESPIGÃO DO OESTE

Conheça Espigão do Oeste! Governo Municipal, trabalhando para todos.
  • Notícias   »   Lendo Notícia
  • « voltar
Terça-Feira, 14 de Fevereiro de 2017
Espigão do Oeste - Chuvas alagam estradas arrancam pontes em Várias linhas no município

As chuvas do final de semana causam transtornos aos moradores de várias localidades da área rural do município. Na noite deste Domingo 12/02 a intensa chuva que caiu na região de Espigão do Oeste, causou prejuízos em várias estradas vicinais, os moradores nas  linhas  enfrentam problemas de trafegabilidade.
Vários moradores da zona rural relataram pelas redes sociais o transbordamento de rios e córregos, passando por cima de estradas e comprometendo a trafegabilidade, um dos pontos registrados  foi na Linha 5, onde o rio Ribeirão cobriu toda a estrada. Moradores também relataram problemas na linha do Jiki, Lambari, P.A.1, P.A.2, Canelinha, Seringal, estrada do Pacarana, Calcário e linhas circo vizinhas  ao Município ficando  isolados  por  horas.
 
O volume de chuva foi um dos mais intensos dos últimos dias e preocupa o prefeito Nilton Caetano que está em  viagem a Brasília  em busca  de  recursos e  ficou sabendo da situação do município.  O prefeito pede compreensão da população Espigãoense ressaltando que “mesmo determinado, para que minha equipe de obras que não deixe o município parar este  e um momento delicado, apesar dos esforços do Secretário  Adriano para manter o tráfego nas estradas vicinais, não tem como lutar contra a força da natureza, portando minha  equipe  fará o  que  for  possível  o mais  breve” Finalizou o prefeito Nilton Caetano.
Um morador contou a nossa reportagem que na manhã  desta  segunda-feira 13/02, na ponte  sobre o  rio  Ribeirão na linha 5, uma caminhonete que iria até a  cidade ao  tentar  atravessar pelo alagamento não conseguiu passar, ficando ilhados sendo  socorridos  por  populares, o veículo foi removido do alagamento minutos depois com auxílio de outra caminhonete.
Um produtor rural que estava próximo a ponte esperando para atravessar junto com o caminhão leiteiro, contou que a produção leiteira é a maior fonte de renda de mais de 50 famílias no assentamento e região. “Com as chuvas parte do leite não foi recolhido na data de hoje e com a  continuidade  das chuvas provavelmente não será recolhido nesta terça-feira Também. Sabemos  que isso não e  culpa  da  administração municipal, contra o tempo não tem argumentos somente  esperar” finalizou o morador.
 Fonte:Assessoria/DECOM